Search Results for: contato

ESCLARECIMENTO AOS CLIENTES, BENEFICIÁRIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS DA LIFE EMPRESARIAL SAÚDE

Recentemente, a Life Empresarial Saúde foi citada em diversas matérias de diferentes veículos de comunicação como uma das operadoras que não apresentaram propostas de reajustes para consultas e honorários médicos e que terão os atendimentos prejudicados na paralisação liderada pela Associação Paulista de Medicina – APM, agendada para sexta-feira, dia 14.

Ao contrário do que foi noticiado, a Life Empresarial Saúde participou das reuniões e apresentou propostas qualificadas como “favoráveis” pela Associação Paulista de Medicina – APM, fato que está registrado no site oficial da própria entidade: http://www.apm.org.br/noticias-conteudo.aspx?id=11145

A Life Empresarial Saúde já acionou as assessorias de comunicação da APM e do CREMESP para que a informação seja corrigida junto aos veículos de imprensa, assim como pediu uma errata esclarecendo o assunto.

Diante desta situação inverídica criada pela APM, solicitamos a todos os beneficiários que tiverem atendimento recusado em razão da paralisação que entrem em contato com a Life Empresarial Saúde por meio dos telefones 0800 800 5433, 0800 606 6952 ou (11) 4062 6952 para relatar o fato, pois providências imediatas serão tomadas pelo departamento Jurídico para reparação dos danos causados ao nossos clientes.

A Life Empresarial Saúde lamenta essa situação e se coloca à disposição para outros esclarecimentos.

esclarecimentoLifeAPM

Implantação TISS 3.02 – Perguntas frequentes

 

Caro prestador,

Este Faq foi elaborado para esclarecer dúvidas sobre as rotinas que envolvem a TISS 3.02. A resposta para o seu questionamento pode estar aqui. Utilize-o antes de entrar em contato com a Life Empresarial Saúde.

Escolha o assunto:

5 de maio – Dia Mundial da Higiene das Mãos

O QUE É HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS?

É a medida individual mais simples e menos dispendiosa para prevenir a propagação das infecções relacionadas à assistência à saúde. Recentemente, o termo “lavagem das mãos” foi substituído por “higienização das mãos” devido à maior abrangência deste procedimento. O termo engloba a higienização simples, a higienização anti-séptica, a fricção anti-séptica e a anti-sepsia cirúrgica das mãos.

POR QUE FAZER?

As mãos constituem a principal via de transmissão de microrganismos durante a assistência prestada aos pacientes, pois a pele é um possível reservatório de diversos microrganismos, que podem se transferir de uma superfície para outra, por meio de contato direto (pele com pele), ou indireto, através do contato com objetos e superfícies contaminados.

PARA QUE HIGIENIZAR AS MÃOS?

A higienização das mãos apresenta as seguintes finalidades:

• Remoção de sujidade, suor, oleosidade, pêlos, células descamativas e da microbiota da pele, interrompendo a transmissão de infecções veiculadas ao contato;
• Prevenção e redução das infecções causadas pelas transmissões cruzadas.

COMO?

lavaMaos

Fonte: Anvisa

 

Reajuste de Agrupamentos

Prezados clientes,

De acordo com a RN 309, os clientes de contratos de planos de saúde coletivos empresariais e por adesão com menos de 30 vidas, firmados após 01 de janeiro de 1999, ou adaptados à Lei n.9656, de 03 de junho de 1998, receberão índice único para fins de cálculo e aplicação de reajuste, salvo exceções.

Para o período de maio de 2014 a abril de 2015, o percentual de reajuste é de 150,53%.

Abaixo relacionamos os contratos que participam do agrupamento, cuja apuração do número de vidas foi realizado em abril de 2014, e demais dados previstos na Resolução Normativa 309/12, bem como link para o texto da RN, na íntegra clique aqui.

Se a sua empresa não estiver relacionada abaixo, leia o capítulo I, parágrafo único da RN ou entre em contato com o setor de Relacionamento, pelos telefones nº (11 ) 3525-3704 e/ou  3525-3709

Nº Contrato/Apolice Nome do Plano Nº de Registro do Plano na ANS
887 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 150 PLUS 461035091
LIFE 160 PLUS 461033094
LIFE 180 PLUS 461034092
586 LIFE 140 PLUS 461032096
875 LIFE 145 463894118
LIFE 155 463893110
645 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 150 PLUS 461035091
LIFE 420 461997108
685 LIFE 140 PLUS 461032096
690 LIFE 120 PLUS 461030090
574 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 150 PLUS 461035091
691 LIFE 420 461997108
298 LIFE 120 PLUS 461030090
713 LIFE 420 461997108
595 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 180 PLUS 461034092
LIFE 420 461997108
714 LIFE 420 461997108
643 LIFE 420 461997108
498 LIFE 420 461997108
651 LIFE 420 461997108
735 LIFE 420 461997108
562 LIFE 450 461999104
740 LIFE 140 PLUS 461032096
592 LIFE 140 PLUS 461032096
742 LIFE 140 PLUS 461032096
478 LIFE 150 PLUS 461035091
548 LIFE 450 461999104
579 LIFE 140 PLUS 461032096
755 LIFE 440 462001101
653 LIFE 140 PLUS 461032096
783 LIFE 440 462001101
Único 530 SP 466446129
346 LIFE 120 PLUS 461030090
795 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
630 LIFE 440 462001101
655 LIFE 420 461997108
547 LIFE 150 PLUS 461035091
746 LIFE 420 461997108
663 Único 510 SP 466447127
602 LIFE 120 PLUS 461030090
667 LIFE 450 461999104
480 LIFE 420 461997108
671 LIFE 420 461997108
440 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
702 LIFE 421 461998106
211 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 180 PLUS 461034092
711 LIFE 120 PLUS 461030090
479 LIFE 140 PLUS 461032096
725 LIFE 120 PLUS 466446129
660 LIFE 140 PLUS 461032096
698 LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 420 461997108
201 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 150 PLUS 461035091
649 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 150 PLUS 461035091
Único 510 SP 466447127
705 LIFE 420 461997108
459 LIFE 140 PLUS 461032096
406 LIFE 440 462001101
680 LIFE 420 461997108
774 LIFE 420 461997108
700 LIFE 420 461997108
669 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 420 461997108
LIFE 440 462001101
Único 510 SP 466447127
593 LIFE 440 462001101
207 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 150 PLUS 461035091
LIFE 180 PLUS 461034092
756 LIFE 420 461997108
LIFE 441 462000103
689 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 420 461997108
Único 510 SP 466447127
418 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
747 LIFE 420 461997108
664 LIFE 450 461999104
694 LIFE 440 462001101
583 Único 510 SP 466447127
693 LIFE 120 PLUS 461030090
712 LIFE 440 462001101
LIFE 450 461999104
707 LIFE 450 461999104
608 LIFE 450 461999104
200 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 150 PLUS 461035091
724 LIFE 440 462001101
LIFE 450 461999104
Único 510 SP 466447127
321 LIFE 120 PLUS 461030090
Único 510 SP 466447127
Único 530 SP 466446129
154 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
605 Único 510 SP 466447127
761 LIFE 140 PLUS 461032096
171 LIFE 120 PLUS 461030090
LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 150 PLUS 461035091
289 LIFE 140 PLUS 461032096
LIFE 150 PLUS 461035091
416 LIFE 140 PLUS 461032096
531 LIFE 120 461029096
LIFE 140 461031098
LIFE 150 461036099

Semana Nacional de Aleitamento Materno

Amamentação pode aumentar o QI do bebê,diz estudo

Resultados são percebidos em crianças a partir dos três anos de vida

DO MSN, via site aleitamento.com.br  – 31.07.2013

                As mães podem adicionar mais um item à lista de benefícios que a amamentação proporciona: aumentar o QI das crianças. É o que sugere uma nova pesquisa, liderada por um cientista do Hospital Infantil de Boston (EUA) e publicada online dia 29 de julho no JAMA Pediatrics.

Os estudiosos acompanharam mais de 1.300 crianças com três anos de idade. As mães foram questionadas sobre a amamentação, e se pararam quando o bebê completou seis meses ou 12 meses. Os bebês completaram os testes de inteligência padrão com três anos e depois com sete anos. Segundo os pesquisadores, crianças que foram amamentadas pontuaram mais nesses testes, mesmo levando em conta outros fatores que podem afetar o QI de uma criança, tais como a inteligência da mãe ou ingestão de ômega 3.

Os bebês que eram amamentados durante o primeiro ano de vida ganharam uma média de quatro pontos no seu QI, em comparação com os bebês que não foram amamentados. Essas crianças eram mais capazes de compreender o que os outros estavam dizendo-lhes (linguagem receptiva) aos três anos e tiveram inteligência verbal e não-verbal superior aos sete anos.

De acordo com os autores, os resultados suportam as recomendações nacionais e internacionais para promover o aleitamento materno exclusivo até a idade de seis meses e continuação do aleitamento materno por 2 anos ou mais. Eles afirmam que as essas descobertas podem motivar as mulheres a amamentar por períodos mais longos de tempo.

10 benefícios da amamentação para o seu bebê
Desde a confirmação da gravidez, nenhum episódio é capaz de chamar mais atenção do que a saúde do bebê prestes a chegar. Os cuidados necessários para o desenvolvimento da criança despertam o interesse como nenhum outro assunto e a mãe faz de tudo para garantir que o bebê passe os dias longe de infecções e alergias. “Felizmente, a melhor proteção para o bebê está, justamente, nas mãos da mãe: crianças que recebem leite materno como alimento exclusivo nos primeiros seis meses de vida são mais resistentes a infecções, alergias, doenças e até mesmo complicações mais simples, como a cólica e o estresse”, afirma o pediatra Sylvio Renan Monteiro de Barros, da Sociedade Brasileira de Pediatria.

A amamentação, de tão importante, tem até semana especial no calendário: o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS) promovem, em agosto, a Semana Mundial da Amamentação, lembrando o quanto o leite materno pode fazer diferença na vida da criança, estimulando as mães a praticarem esse gesto de amor e esclarecendo as principais dúvidas sobre o tema. Se você quer saber tudo o que seu bebê ganha a cada mamada, veja os benefícios que os especialistas destacam.

Fortalece a imunidade

O leite materno possui um importante papel na imunidade dos bebês, pois contém células de defesa e fatores anti-infecciosos capazes de proteger o organismo do recém-nascido. “As infecções comuns dos primeiros seis meses, como a otite, afetam menos as crianças que são amamentadas”, diz a pediatra Natasha Slhessarenko, do Laboratório Pasteur, em Brasília.

Contato com a mãe

A amamentação tem papel importante no sistema nervoso da mãe, diminuindo o estresse. “Além disso, o contato com a mãe faz com que o bebê se sinta mais seguro e tranquilo, evitando o choro e a ansiedade na criança”, afirma o obstetra e especialista em Medicina Fetal Jurandir Piassi, do Lavoisier Medicina Diagnóstica, em São Paulo.

Melhor alimento para o intestino

A pediatra Ana Gabriela Pavanelli Roperto, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, em São Paulo explica que o leite humano contém enzimas já conhecidas pelo organismo da criança. “Os componentes do leite de vaca ou leites artificiais são estranhos para o bebê e, por isso, podem causar alergias intestinais e deficiência de ferro”, diz. “Crianças que mamam no peito podem inclusive ficar até oito dias sem evacuar, justamente porque todos os componentes do leite materno são aproveitados pelo organismo, não havendo necessidade de evacuação.”

Diminui o risco de alergias

Um estudo publicado no European Respiratory Journal revelou que bebês alimentados exclusivamente com leite materno nos primeiros menos seis meses têm menos chances de desenvolver sintomas de asma na infância, como chiados no peito e catarro persistente. Outra pesquisa, desenvolvida pela Universidade de Southampton, na Inglaterra e pelas Universidades do Estado de Michigan e Carolina do Sul, nos Estados Unidos, descobriu que crianças que foram amamentadas por pelo menos quatro meses tinham um funcionamento melhor dos pulmões.

O esforço do bebê para sugar o leite ajuda no desenvolvimento dos pulmões, fortalecendo o órgão contra alergias. “Outros estudos mostram que as alergias começam no primeiro ano de vida, e quase sempre estão associadas à proteína do leite de vaca”, diz a pediatra Natasha. ‘O leite de vaca está associado a irritações no organismo no bebê, podendo levar ao surgimento de dermatite, rinite, sinusite, bronquite asmática e amigdalite.”

Evita cólicas

A grande razão para o leite materno prevenir cólicas no bebê são as proteínas presentes em sua composição. Sylvio Monteiro de Barros explica que existem dois tipos de proteínas: as de difícil digestão (caseínas), e as de fácil digestão (globulinas). “O leite de vaca tem muito mais proteínas do que o leite materno, porém a proteína que o leite de vaca tem é basicamente caseína, e o leite humano é constituído de globulinas”, diz o pediatra. Por conter esse tipo de proteína, o leite materno não fermenta tanto para ser digerido, produzindo menos gases e evitando as cólicas. “Outro fator para cólicas é a ingestão de ar pelo bebê, que é muito maior com a mamadeira do que no peito.”

 Previne doenças futuras

Ao usar a mamadeira para alimentar seu filho, você está retirando a primeira parte da digestão do alimento, que fica na boca. “A mamadeira faz com que o leite vá direto para a garganta do bebê, comprometendo tanto o processo digestivo quanto de saciedade”, diz o pediatra Sylvio. Isso fará com que a criança coma mais do que o necessário e ela tenha predisposição ao acúmulo de gordura. Segundo o especialista, mesmo o leite materno, quando oferecido na mamadeira, pode favorecer esses problemas.

Além disso, a quantidade de sódio, potássio, magnésio e proteínas presente nos outros leites é maior que no leite da mãe, fator que pode sobrecarregar o sistema da criança, causando alterações no processo de digestão e favorecendo o surgimento de doenças no futuro, como síndrome metabólica, obesidade, diabetes, hipertensão e doença celíaca.

 Combate à anemia

O leite materno possui muito mais de ferro e concentrações menores de cálcio, quando comparado ao leite de vaca. “O ferro presente nos outros leites não é suficiente para o bebê, sendo necessária a suplementação”, diz o obstetra Jurandir Piassi, especialista em Medicina Fetal do Lavoisier Medicina Diagnóstica. “Já o cálcio em abundância nos outros leites pode inibir a absorção de ferro, diminuindo ainda mais a presença desse nutriente no organismo do bebê e favorecendo a anemia ferropriva”, completa.

A pediatra Ana Gabriela declara que a presença de ferro no leite da mãe diminui com o tempo por um processo natural, como se o leite materno preparasse o bebê para a alimentação. A partir dos seis meses, é preciso introduzir alimentos ricos em ferro, como as carnes, na dieta da criança. “Como o bebê ainda não consegue mastigar direito, o melhor a fazer é colocar a carne na sopa e servir apenas o caldo, que possui os nutrientes da carne diluídos no cozimento.

Ajuda no desenvolvimento cognitivo

Um estudo feito com 12 mil bebês e publicado no The Journal of Pediatrics revelou que crianças amamentadas desenvolvem mais rapidamente o cérebro, apresentando melhor desempenho de vocabulário e raciocínio. A análise foi liderada por cientistas do Institute for Social and Economic Research at the University of Essex, na Inglaterra. O pediatra Sylvio conta que a gordura presente no leite materno é constituída por ácidos graxos poli-insaturados, responsáveis por formar os neurônios da criança e favorecer as sinapses nervosas. “O desenvolvimento de cerca de 80% do cérebro acontece nos primeiros dois anos de vida, por isso a importância dessa gordura no leite da mãe”, diz. O especialista reforça a importância da alimentação da mãe para que a criança consiga todos esses nutrientes: “Se a mãe tiver uma dieta rica em peixes de água fria, como salmão e cavalinha, a criança irá obter mais gorduras por meio da amamentação e isso irá facilitar seu desenvolvimento cognitivo.”

Desenvolve a arcada dentária

O movimento de amamentação é excelente para a dentição e para a fala do bebê. ‘Há estímulo para o desenvolvimento dos ossos do crânio e da face, fazendo com que os dentes se encaixem de forma adequada”, diz a fonoaudióloga Andrea Motta, da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. “Amamentar também promove estímulos favoráveis ao desenvolvimento da musculatura da boca e da face, o que futuramente irá refletir na respiração, fala, mastigação e deglutição.”

Ajuda no crescimento de prematuros

Os bancos de leite existentes hoje no Brasil são basicamente para o desenvolvimento de bebês prematuros. “Quanto mais prematuro é o bebê, mais imaturo é o seu sistema digestivo e maior a probabilidade de desenvolver alergias”, diz pediatra Natasha. “Além disso, o prematuro precisa dos nutrientes do leite materno para desenvolver melhor todos os seus sistemas, mais imaturos do que deveriam.”

Beneficiário

Caro beneficiário,

É uma satisfação tê-lo como usuário dos planos Life Empresarial Saúde. Neste canal você tem acesso a informações e documentos importantes para que você utilize seu plano com tranquilidade.  Caso a informação que você procura não esteja disponível, por favor, entre em contato com a Central de Atendimento ao Cliente: 0800 800 5433 | 0800 606 6952.

Perguntas Frequentes – Confira se suas dúvidas já estão esclarecidas pela equipe de atendimento da Life.

Downloads – Arquivos úteis de interesse do beneficiário

Serviço On-line – Acesso ao portal de serviços do beneficiário

Últimas atualizações da rede credenciada – Histórico das alterações ocorridas na rede credenciada Life Empresarial Saúde

Consulta Rede Credenciada – Acesso ao mecanismo de busca da rede credenciada